Ìyéwà – Senhora da Beleza e do Encantamento


“Ri Ró

Forma abreviada de “Ri” – “Anterior a este período, em nenhuma época precedente” + “Ró“Jorrar, fazer estrondo”.

“A saudação acima, representa  uma explosão, ou, um lançamento de uma grande chama”.

ORIGEM

Terra Natal – Mahi (ex-Daomé).

Eléwà (dona da beleza), Ìyéwà,  ou,  simplesmente “Ewà” é nome pelo qual é chamada pelos nagôs iorubas.

Segundo os mesmos,  a aureola que envolve a Lua é uma das suas representações.

Esposa da divindade conhecida pelo nome de “Boromu”.

Tida como irmã por parte de mãe de Sànpònná, de Òsányìn e de Èsùmàrè. 

ASPECTOS DE ÌYÉWÀ SEGUNDO OS NAGÔS ÌGBÓMÌNÀ

LUA NOVA

Ìwõkun – Lua nova: fase representativa da ingenuidade e da pureza. Período de uma pessoa (homem ou mulher) que não tenha atingido a puberdade

Ìwõkun (Lua nova) Iyèwà Erèwà  ou Yiáilábùku (Significa: A Bela Serpente – Senhora da Virgindade). 

Emanação através do círculo luminoso que circunda a Lua (auréola). Os nagôs ìgbómìnà cultuadores de Iyèwà dizem que esse círculo é seu diadema em forma de uma serpente emanando um imenso clarão – Segundo os nagôs ìgbómìnà, esta aureola é proveniente da chama que mantém os seres vivos na Terra viva, e quem a ultrapassa, entra no Ìjoba Mímo (Reino Divino), que os mesmos, chamam de Ãsè Òrun (Portal do Céu). Ligada ao elemento água, à árvore Ìrókò, aos metais bronze e cobre. É comumente chamada de “Omolòju Obàtálá” (Menina dos Olhos do Rei do Pano Branco).

LUA CRESCENTE

Òsupá àgbére – Quarto crescente: fase representativa do sentimento lascivo associado à malícia e à sedução. Período em que o homem e a mulher tornam-se aptos para a procriação.

Òsupá àgbére (Quarto crescente) – Iyèwà Mièrè ou  Yiáìtansan-õrun. Emanação através da deflagração do sol e dos eclipses lunares.

Ligação de Iyèwà com o nascer e o perecer do Sol e da Lua, isto é o Leste e o Oeste, o Oriente e o Ocidente, a Vida e a Morte, o Renascer e o Término. Ligada ao elemento fogo, à árvore odán e aos metais onze e ouro.

O ìlekè (- Ileké – fio de contas)  consagrado a Ìyéwà Mièrè é confeccionado com miçangas amarelas e vermelhas, intercaladas com segí.

LUA CHEIA
Àranmóju – Lua cheia: fase representativa do amadurecimento do homem e da mulher. Período em que ambos atingiram a maturidade, independente de terem procriado ou não. 
Àranmóju (Lua cheia) – IyèElehin (A proprietária do Marfim). Emanação através das chuvas e das tempestades. Ligada ao elemento ar, à árvore denominada Igi òpe (dendezeiro) ou Òpèlè e aos metais cobre e prata. O ìlekè (fio de contas) consagrado à Iyèwà  Elehin é confeccionado com miçangas amarelas e coral.

LUA MINGUANTE

Òsupá dínkù (Quarto minguante) – Fase representativa de que a mulher não mais possui o fluxo sanguíneo periódico.

Iyèwà Ìyáìyé-apá (Mãe que possui asas). Emanação através das águas doces dos rios e das lagoas. Ligada ao elemento terra, à árvore “Apáòka”, aos metais bronze e o ferro.

Quando Iyèwà for evocada e reverenciada nesta fase lunar, deve-se saudá-la pronunciando: “Yiá Olókò” – “Senhora do Veleiro”.
Esclarecimentos: No que tange ao homem, o período lunar denominado Òsupá dínkù não o influencia, mesmo quando envelhece ou deixa de sentir libido, face o processo de produção de espermatozoides (Elemento fecundante do esperma) serem contínuo.Os períodos lunares devem ser observados com cautela quando da consagração de uma determinada pessoa à divindade Iyèwà, seja ela do sexo feminino ou masculino.
Referencia Bibliográfica: PENNA, Antonio dos Santos, Èjì Ologbon Àwon Àmúlù – Òyèkú e Suas Combinações.    Produção Independente: RJ,  2006.
Anúncios

2 pensamentos sobre “Ìyéwà – Senhora da Beleza e do Encantamento

  1. Sou apenas mais uma iniciada aimda não sei se foi no camdomblé ou na umbanda, que gosta de estudar e aprender o máximo possível na tentativa de encontrar respostas para algumas questões tanto espirituais quanto materiais na minha vida.Sempre nutri profunda admiração pelo candomblé, pois foi pela dor q conheci ele.Me lembro de algo sobre Ìyéwá num jogo q o Sr. Fez pra mim, acredito q ela esta sempre próxima a mim, me deparo muito vez ou outra com a lua, nada é por acaso. Muito bom, obrigada tio.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s