Ewé Ìyèwà – Ervas da Ancestral Ìéuá

“Ewé Ojú omode” – Erva de andorinha – Planta da família das PapaveráceasNome científico:Chelidonium majus L– Origem: América, Europa, África  e oeste da Ásia Também chamada de celidônia, quelidônea, erva-das-verrugas, erva leiteira, erva-dos-calos, figatil e papoula das andorinhas.

Nota: O nome desta planta deriva do grego “khélidôn” (gênero científico), que significa “andorinha”, em face do mito de que tais as andorinhas a levavam aos seus filhos para que os mesmo possuíssem ótima visão.

Há de se tomar cuidado, quando do uso da erva em questão nos ritos destinados a Òsun, visto que, só poderão ser utilizados quando da interligação da mesma com os orixás Èsù e Òrunmìlà.

Em tempo: “Foi por volta do séc. I d.C. que Discórides, reparou que as andorinhas usavam esta planta para tocar nos olhos dos filhotes, facultando-lhes a vista. Curiosidade desperta, e foi um passo para que estudos fossem feitos acerca da celidónia”.

“Ewé èkelèyi” – Erva maravilha – Planta da família das Nyctaginaceae – Nome científico: Mirabilis jalapa – Origem:  México, Chile e Índia – Também chamada de  bonina, boas-noites, belas-noites, boa-morte, jalapa-falsa, jalapa-do-mato e quatro-folhas.

Nota: “É uma planta ornamental que disponibiliza a variedade de cores como a cor vermelha, rosa, amarela, branca etc. Em seu nome, Mirabilis, do latim, significa maravilha ou admirável, e Jalapa é um nome de uma cidade mexicana, mas dizem que essa planta tem sido exportada a partir dos Andes Peruanos, em 1540.”

“Erva sapatinho de judia”  – Não há nome em idioma ioruba – Planta da família das Acanthaceaes – Nome científico: Thunbergia mysorensis – Origem: Ìndia – Não há outros nomes popular.

“Ewé re Oba” – Erva Xique-xique – Nome científico: C.pallida Ait – Família:  Cactaceae – Origem: Brasil  – Também chamada de: cascaveleira, guizo de cascavel, chocalho e maracá.

Nota: Os nagôs “Àdìfá”, “Alùfá” (grupo étnico dos igbominas) chamam-na de “Àwíyán” (cascaveleira) e de “Pekepeke ejò” (chocalhar ou zumbido de serpente).

Usada também no culto ao ancestral Èsùmàré.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s